Páginas

domingo, 26 de setembro de 2010




Interessante como nessas horas
As mais intensas
Dessa minha vida
Que silencio-me totalmente
Sou vento que venta
Loucamente
Ora vento pela imensidão
Ora vento em ti
Falo em teus olhos
E em seu breve sorriso
Só quem sabe sente




3 comentários:

Petrus disse...

você, vento...
eu chuva.
Ambos batendo insistentemente em telhados serrados.

doabismo disse...

O vento leva os comentários. E, perigoso, os traz.

Do Lady Lazarus, que mudou de casa.

:*

Mariana Khalil disse...

Batemos incessantes e intensamente nos telhados serrados.